Não ao fechamento do Hospital Galba Velloso

O Hospital Psiquiátrico Galba Velloso faz parte da Fundação Hospital de Minas Gerais (FHEMIG).

Há décadas o hospital ajuda milhares de pacientes e familiares que precisam de um hospital público para serem atendidos na urgência psiquiátrica.

Pacientes com crises, com planejamento suicida ou agitados são ajudados pelo Hospital.

Médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e psicólogos ajudam nesse processo.

O Hospital é para medidas de crise de forma temporária. Aquele ideia antiga de longa internação, e do paciente não receber alta hospitalar já não existe. Isso é ultrapassado.

Precisamos de hospitais que saibam tratar as crises, com períodos curtos de internação, e somente se necessário. Precisamos de equipe que tenham habilidade, experiência e formação técnica para isso.

A medicina mudou. Muitos de nós precisamos de auxílio psiquiátrico e psicológico. Isso não é vergonha alguma. Em caso de urgência, precisamos de um local aonde ir.

Assim como há hospitais clínicos para atenderem momentos agudos de doença, como infartos, pneumonia, insuficiência pulmonar, também há necessidade de hospital psiquiátrico para atender crises psiquiátricas que podem prejudicar a vida do paciente ou de terceiros.

Existe uma grande demanda de pacientes necessitando desse suporte, e acabar com o hospital para inserir outro não é a melhor opção. Existem outros imóveis do Estado para inserir leitos de campanha para o coronavírus.

Diga Não ao Fechamento do Galba Velloso.

Diga Sim a Saúde Emocional.

Diga Sim a Vida.

Assine o Abaixo Assinado e compartilhe esse post para mais pessoas valorizarem a saúde mental:

http://chng.it/GfYYHRBkNX