Propaganda Eleitoral! E daí?

Em tempos de eleições, diariamente na TV e no Rádio vemos e ouvimos a seguinte frase: “Horário Reservado à Propaganda Eleitoral Gratuita”.

Como dizem por aí, isso não seria uma fakeNEWS?

Ou essa é uma mentirinha de leve para enganar você, eu e muitos outros eleitores.

Pergunto:

Realmente essa é uma propaganda eleitoral gratuita?

As mídias (jornais, emissoras de rádio e tvs) recebem isenção do imposto fiscal para transmitir a propaganda eleitoral.

O que isso significa?

Se ela recebe isenção do imposto, ela simplesmente não paga um imposto que deveria ser pago ao governo. Em troca, ela transmite a propaganda daquele candidato na TV.

Ou seja, um dinheiro de imposto que era para ser pago ao governo, não é pago.

Quando você pára e vê uma propaganda eleitoral gratuita, nada daquilo é gratuito! O dinheiro de um imposto para uma rua melhor, uma segurança melhor deixou de ser investido.

Calcula-se, de acordo com reportagem do Lúcio Vaz, da Gazeto do Povo, que só no ano de 2018 o governo vai deixar de arrecadar 1,2 bilhão de impostos.

Esse valor poderia ser utilizado para muitos outros itens para a população do que uma “propaganda eleitoral gratuita”.

Esse valor poderia ser utilizada para construção de um posto de saúde próximo a você, para melhorar os asfaltos da sua casa, para ajudar a pagar o funcionário público que está constantemente atrasado, proporcionar uma escola básica de qualidade para seu filho.

Ou esse valor poderia ajudar a diminuir o imposto que você paga todos os dias já embutidos nos produtos e serviços que você compra.

Que GRATUITA é essa propaganda que estamos falando, que deixa de pagar ao governo mais de um bilhão só em 2018?

É essencial fazermos leis para esclarecer a população do tanto de impostos que pagamos, e não sabemos.

Precisamos esclarecer a população o tanto de impostos que não são pagos devido a tais isenções.

Não podemos priveligiar grandes empresas e políticos em isenções fiscais.

Deputados federais: Façam uma lei para alterar esses textos, que nos faz, vamos dizer, confundir o que de fato é uma fakenews, e o que de fato, é uma verdade.