Pesquisar

Como os sintomas do TDAH Afetam os Adultos: Impactos na Vida Diária​

Last Updated on 17 de julho de 2023 by Diego Tinoco

sintomas do tdah em adultosSintomas do TDAH em Adultos

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é uma condição neuropsiquiátrica que afeta tanto crianças quanto adultos. No entanto, o impacto do TDAH na vida diária de um adulto pode ser significativamente diferente e mais complexo. Este artigo explora como a dificuldade de atenção, hiperatividade, impulsividade, habilidades de funcionamento executivo e relacionamentos sociais são afetados pelo TDAH em adultos.

Dificuldade de Sustentar a Atenção:

Adultos com TDAH frequentemente lutam com a dificuldade de atenção. Isso pode se manifestar como uma incapacidade de se manter concentrar em determinadas tarefas, esquecimento frequente e dificuldade em seguir instruções complexas. Esses desafios podem afetar a capacidade de um indivíduo de realizar tarefas diárias, como trabalho, estudo e até mesmo tarefas domésticas.

No ambiente de trabalho, um adulto com TDAH pode ter dificuldade em se concentrar em tarefas que exigem atenção sustentada, como ler relatórios longos ou participar de reuniões prolongadas. Eles podem se distrair facilmente com estímulos externos, como um colega de trabalho falando ao telefone ou o barulho de uma impressora. Isso pode levar a erros, falta de produtividade e até mesmo conflitos com colegas de trabalho ou supervisores que não entendem a natureza do TDAH.

Na vida acadêmica, o déficit de atenção pode se manifestar como dificuldade em manter a atenção durante as aulas ou ao estudar. Por exemplo, um estudante universitário com TDAH pode achar difícil se concentrar durante uma palestra ou manter a atenção enquanto lê um capítulo de um livro didático. Isso pode resultar em notas baixas, atrasos na conclusão dos cursos e frustração geral com a experiência acadêmica.

No casamento, o déficit de atenção pode levar a mal-entendidos e conflitos. Por exemplo, um cônjuge com TDAH pode esquecer de realizar tarefas domésticas que prometeu fazer, como pagar as contas ou fazer compras de supermercado. Eles também podem ter dificuldade em prestar atenção durante as conversas, o que pode fazer com que o outro cônjuge se sinta ignorado ou desvalorizado. Isso pode levar a tensões no relacionamento e, se não for tratado, pode contribuir para problemas mais sérios, como a separação ou o divórcio.

Hiperatividade:

A hiperatividade em adultos com TDAH pode ser menos óbvia do que em crianças. Pode se apresentar como inquietação, dificuldade em relaxar ou uma sensação constante de estar “ligado”. Isso pode levar a um esgotamento físico e mental, afetando a qualidade de vida do indivíduo.

No ambiente de trabalho, a hiperatividade pode se manifestar como uma incapacidade de ficar sentado por longos períodos, o que pode ser um desafio em empregos de escritório. Um adulto com TDAH pode se sentir inquieto durante reuniões longas e pode ter dificuldade em se concentrar em uma tarefa por muito tempo devido também a inquietação mental. Eles podem mudar frequentemente de tarefa, deixando muitos projetos inacabados. Além disso, a necessidade constante de movimento pode ser interpretada como nervosismo ou falta de profissionalismo em algumas situações, o que sabemos que muitas vezes não é. 

Na vida acadêmica, a hiperatividade pode dificultar a concentração durante as aulas ou ao estudar. Um estudante com TDAH pode achar difícil ficar sentado durante uma palestra ou se concentrar em uma tarefa de estudo devido a necessidade constante de ficar se locomovendo ou inquieto mentalmente a ponto de muitos pensamentos o atrapalharem. Isso pode levar a um desempenho acadêmico insatisfatório e frustração. Além disso, a inquietação pode ser perturbadora em um ambiente de sala de aula, levando a possíveis conflitos com professores ou colegas de classe, caso essa inquietação seja motora ou verbal. 

No casamento, a hiperatividade pode criar tensões. Um cônjuge com TDAH pode ter dificuldade em relaxar e desfrutar de momentos tranquilos, sempre buscando a próxima atividade ou tarefa. Isso pode levar a um desequilíbrio no relacionamento, com um cônjuge sentindo que está constantemente tentando acompanhar o outro. Além disso, a impulsividade associada à hiperatividade pode levar a decisões precipitadas que afetam o casal, como gastos impulsivos ou compromissos sociais feitos sem discussão prévia.

Impulsividade:

A impulsividade é outro sintoma comum do TDAH em adultos. Isso pode levar a decisões precipitadas, comportamento de risco e dificuldade em controlar emoções. A impulsividade pode afetar todos os aspectos da vida de um adulto, desde as relações pessoais até a estabilidade financeira.

No ambiente de trabalho, a impulsividade pode levar a decisões precipitadas. Por exemplo, um adulto com TDAH pode responder a um e-mail sem pensar completamente nas consequências, ou pode iniciar um novo projeto sem planejar adequadamente. Isso pode levar a erros, conflitos com colegas de trabalho e até mesmo a problemas de desempenho. Além disso, a impulsividade pode levar a comportamentos de risco, como violar as regras de segurança.

Na vida acadêmica, a impulsividade pode se manifestar como dificuldade em seguir instruções, fazer trabalhos de casa de maneira precipitada ou interromper as aulas. Por exemplo, um estudante com TDAH pode começar a escrever um trabalho sem fazer um esboço adequado, resultando em um trabalho desorganizado. Ou eles podem interromper a aula com perguntas ou comentários sem esperar a vez de falar, o que pode levar a conflitos com professores ou colegas de classe. Foi observado um aumento de risco para uso abusivo de álcool ou drogas ilícitas.

No casamento, a impulsividade pode levar a conflitos e mal-entendidos. Um cônjuge com TDAH pode tomar decisões importantes sem consultar o outro, como fazer uma grande compra ou convidar amigos para jantar sem aviso prévio. Eles também podem ter dificuldade em controlar suas emoções, o que pode levar a discussões acaloradas ou reações exageradas a pequenos contratempos. Isso pode criar tensão no relacionamento e, se não for tratado, pode levar a problemas mais sérios.

Habilidades de Funcionamento Executivo:

As habilidades de funcionamento executivo referem-se à capacidade de planejar, organizar e executar tarefas. Adultos com TDAH podem ter dificuldade nessas áreas, o que pode levar a problemas no trabalho e na vida pessoal. 

No ambiente de trabalho, as dificuldades com o funcionamento executivo podem se manifestar de várias maneiras. Um adulto com TDAH pode ter problemas para organizar suas tarefas, priorizar as atividades a serem realizadas no trabalho ou gerenciar seu tempo de forma eficaz. Eles podem perder prazos, esquecer reuniões ou ter dificuldade em mudar de uma tarefa para outra. Isso pode levar a um desempenho insatisfatório no trabalho e potencialmente a conflitos com supervisores ou colegas de trabalho.

Na vida acadêmica, as dificuldades com o funcionamento executivo podem levar a problemas como atrasos na entrega de trabalhos, dificuldade em estudar para exames e problemas para acompanhar as aulas. Um estudante com TDAH pode ter dificuldade em organizar suas anotações, planejar seu tempo de estudo ou lembrar datas de exames ou prazos para trabalhos. Isso pode resultar em um desempenho acadêmico insatisfatório e frustração.

No casamento, as dificuldades com o funcionamento executivo podem levar a tensões e conflitos. Um cônjuge com TDAH pode esquecer datas importantes, ter dificuldade em gerenciar as responsabilidades domésticas ou lutar para equilibrar as demandas do trabalho, da vida familiar e do tempo pessoal. Isso pode levar a mal-entendidos e frustrações, e se não for acompanhado, pode contribuir para problemas mais sérios no relacionamento.

Relacionamentos Sociais:

O TDAH em adultos pode afetar significativamente os relacionamentos sociais. A dificuldade em prestar atenção, a impulsividade e a hiperatividade podem levar a mal-entendidos e tensões. Além disso, a luta para gerenciar as responsabilidades diárias pode levar ao isolamento social.

No ambiente de trabalho, um adulto com TDAH pode ter dificuldade em manter relacionamentos positivos com colegas de trabalho. Eles podem interromper os outros, ter dificuldade em ouvir e seguir instruções, ou ter problemas para trabalhar em equipe devido à impulsividade ou à dificuldade de concentração. Isso pode levar a mal-entendidos, conflitos e até mesmo a problemas de desempenho no trabalho.

Na vida acadêmica, um estudante com TDAH pode ter dificuldade em formar e manter relacionamentos com colegas e professores. Eles podem ser vistos como desatentos, desorganizados ou impulsivos, o que pode levar a mal-entendidos e conflitos. Além disso, a dificuldade em se concentrar e a impulsividade podem dificultar a participação em atividades de grupo ou projetos de equipe. Algumas pessoas podem ficar mais isoladas devido a baixa auto estima e redução da confiança para atividades do dia a dia. 

No casamento, o TDAH pode criar tensões e conflitos. Um cônjuge com TDAH pode esquecer compromissos, ter dificuldade em ouvir e entender as necessidades e sentimentos do parceiro, ou agir impulsivamente de maneiras que afetam o relacionamento. Isso pode levar a mal-entendidos, intensas discussões, frustrações e, se não for tratado, pode contribuir para problemas mais sérios no relacionamento.

Conclusão:

O TDAH em adultos pode ter um impacto significativo na vida diária. No entanto, com o diagnóstico e tratamento adequados, os adultos com TDAH podem gerenciar seus sintomas e levar uma vida mais serena e produtiva, com menos frustrações em decorrência de tais sintomas. Vale destacar também que é fundamental o diagnóstico correto, porque a presença de tais sintomas não significa por si só que a pessoa apresenta o diagnóstico, porque outras condições podem gerar tais sintomas também. É importante buscar ajuda profissional se você acredita que pode estar lidando com o TDAH.

Compartilhe o Post nas redes sociais:
Picture of Diego Tinoco

Diego Tinoco

Diego Tinoco é cidadão brasileiro. Nasceu em Curvelo-MG e atualmente reside em Belo Horizonte. É médico, psiquiatra pelo Hospital das Clínicas da UFMG, pós graduado em saúde da família pela UFMG. Nesse site você encontra opiniões do cidadão sobre a vida e o mundo.

Posts Relacionados ao tema