Como mudar sua saúde mental

Você sabia que estamos no Janeiro Branco?  Esta é uma campanha criada em 2014 para trazer foco para a saúde mental e a melhora da qualidade de vida das pessoas. Em tempos de pandemia prolongada, tal campanha tem especial relevância para trazer consciência da importância de uma mudança completa na sua saúde mental.

No Brasil, o número de pessoas com depressão e ansiedade cresceu vertiginosamente. Estima-se um número superior a 40% dos cidadãos, segundo publicação recente da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

Como reagir a tantos desafios causados pelos impactos da pandemia e tantos outros fatores externos que acabaram por ser diminuídos pela crise sanitária que enclausurou milhões de pessoas em todo mundo?

Pensando nisso, preparamos um guia para você fazer uma mudança completa para atingir uma boa saúde mental e resistir aos momentos difíceis com mais resiliência.

Procure ajuda para sua saúde mental

É importante identificar quando há a necessidade de ajuda profissional e especializada. Se existe um sentimento constante e estranho, pode ser um sintoma de que algo não vai bem.

O profissional de psiquiatria é a pessoa responsável pelo tratamento da sua saúde mental, que pode ou não ter o auxílio de medicamentos.

Falar sobre seus problemas pode ser o pontapé inicial para encontrar soluções e as terapias psicológicas associadas ao tratamento médico podem ajudar.

Muitas pessoas tendem a pensar na ajuda psicológica como última ferramenta no processo de mudança para uma boa saúde mental e deveria ser uma prioridade.

Devemos acompanhar toda as alterações do nosso corpo com a ajuda de uma pessoa especialista.

Organize o seu tempo e espaço

Definitivamente, não é possível organizar as ideias e ter uma boa saúde mental num ambiente desorganizado e nem é possível ter clareza de pensamentos quando os compromissos se acumulam e você não consegue nem sequer um tempo para o ócio criativo.

Limpe seu local de trabalho ou sua casa e organize seus itens por compartimentos para encontrar com facilidade seus utensílios e evitar aborrecimentos menores.

O mesmo deve ser feito com a sua agenda, organizando o seu tempo para conseguir lidar com demandas do trabalho, familiares e pessoais com a mesma atenção.

Gerenciar o seu tempo evita aquela correria estressante do dia a dia e possibilita que você vivencie com mais qualidade o seu tempo com as pessoas que ama.

Use e abuse dos aplicativos, agendas, calendários e técnicas de gerenciamento do tempo disponíveis na Internet. Viver só para o trabalho ou para a família não é algo considerado saudável.

Você também deve separar um tempo para seu lazer. Os momentos de descanso são como uma pausa para realizar as atividades cotidianas com mais produtividade e criatividade.

Você pode viajar e sair com a família ou amigos de vez em quando.  Ler um bom livro ou assistir a filmes e séries são ótimas maneiras de priorizar o seu bem estar.

atividade física e sua saúde mental

Já ouviu falar naquela frase do poeta romano Juvenal: mente sã em corpo são? Isso significa que os transtornos psicológicos podem afetar o funcionamento do nosso corpo e vice e versa.

Cuidar da sua saúde física também beneficia a sua saúde mental. Isso pode ser difícil no começo  para quem precisa de mais estímulos para levantar do sofá, vestir uma roupa confortável e praticar algum exercício.

A chave para a mudança completa da sua saúde mental é praticar atividade física. Ela produz serotonina e endorfina que são hormônios responsáveis pela sensação de felicidade.

Não espere ter vontade para praticar exercícios, escolha uma modalidade que te agrada e comece nas condições em que se encontra. Poucos minutos diários já são o suficiente para sentir a mudança gradativa no organismo e também na sua saúde mental.

saúde mental e sono

É comum ouvir pessoas reclamando do seu dia logo pela manhã. Isso acontece porque provavelmente elas não tiveram uma boa noite de sono, capaz de restabelecer as energias para o enfrentamento de novos desafios.

Priorizar o sono é tão fundamental quanto comer, se vestir e tomar banho. O sono é uma função básica desempenhada pelo nosso corpo, necessária para uma boa saúde mental.

Nem sempre os especialistas recomendam 8 horas de sono para ter um estilo de vida saudável, mas sugerem respeitar uma rotina noturna para ir para cama se desconectando das preocupações.

saúde mental e alimentação equilibrada

A relação entre a nutrição e a saúde mental é muito importante. A compulsão alimentar é um dos distúrbios mais comuns da atualidade e pode ser causa e consequência de descuidos psicológicos.

Cuidar da alimentação não significa apenas fazer dieta. É também preocupar-se com a ingestão de água e de vitaminas que são importantes para o funcionamento da nossa mente.

Associar o tratamento psicológico ao nutricional é uma boa maneira de mudar a sua saúde mental com responsabilidade. Nada de dietas malucas, ok?

Essas são apenas algumas dicas de saúde mental dentre as diversas que podemos implementar no nosso dia a dia. Comece já a praticar e, aos poucos, perceba os benefícios e impactos que pequenas atitudes têm na sua mente.

A mudança pode começar a qualquer momento e você deve contar com a ajuda de quem estiver ao seu redor para ter uma vida melhor.

Lembre-se que a sua saúde mental deve ser prioridade e que o autoconhecimento pode ser um caminho viável para conquistar a plenitude e também melhorar suas ações no dia a dia, seja no trabalho ou na vida pessoal.

Share the Post:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Related Posts