Pesquisar

Terapia comportamental Dialética (DBT) para TDAH em adultos é eficaz?

Last Updated on 15 de março de 2024 by Diego Tinoco

terapia comportamental dialetica no TDAH

A prevalência de sintomas de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) persistindo na vida adulta é um desafio significativo, afetando a organização diária, a regulação emocional e a funcionalidade geral dos indivíduos. Estudos revelam que entre 72-90% dos adultos com TDAH enfrentam dificuldades em regular emoções, impactando negativamente suas relações sociais e interpessoais. Diante dessas complexidades, surge a urgente necessidade de intervenções direcionadas que não só abordem os déficits neuropsicológicos, mas também melhorem a qualidade de vida dos pacientes.

Uma resposta promissora a este desafio é a Terapia Comportamental Dialética com habilidades de treinamento (DBT-ST), um modelo que se baseia nas semelhanças fenomenológicas entre TDAH e Transtorno de Personalidade Borderline (TPB), compartilhando sintomas como flutuações emocionais, impulsividade e baixa autoestima. Este modelo propõe uma via eficaz para abordar os desafios únicos impostos pelo TDAH na vida adulta, oferecendo uma esperança de melhoria significativa na funcionalidade e satisfação de vida.

A DBT-ST, originalmente parte do protocolo padrão DBT, evoluiu para uma intervenção autônoma com eficácia demonstrada em uma variedade de psicopatologias. Incorporando módulos de mindfulness, regulação emocional, eficácia interpessoal e tolerância ao estresse, o DBT-ST visa fortalecer comportamentos saudáveis de enfrentamento, melhorando assim a funcionalidade em diversas áreas da vida.

Apesar da base neurobiológica do TDAH sugerir a necessidade de tratamento psicotrópico, é evidente que o suporte terapêutico é crucial para abordar os problemas psicossociais que circundam a vida diária dos pacientes. Pesquisas pioneiras de Hesslinger et al. (2002) e estudos subsequentes confirmam a eficácia do DBT-ST como um complemento à medicação, destacando a importância de terapias adicionais no tratamento do TDAH em adultos.

O estudo “Eficácia de um treinamento de habilidades em terapia comportamental dialética online em adultos com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade: um ensaio controlado randomizado”, conduzido por Vahide Ulusoy, Işıl Bilican e Aynur Gormez, aborda a persistência desafiadora dos sintomas de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) na vida adulta. Esse estudo representa um passo crucial na exploração da DBT-ST online como uma intervenção viável e eficaz, destacando a possibilidade de melhorias significativas nos sintomas de TDAH, habilidades de enfrentamento e qualidade de vida.

A DBT-ST, adaptada para um formato online em resposta à pandemia de COVID-19, utiliza módulos de mindfulness, regulação emocional, eficácia interpessoal e tolerância ao estresse para ensinar habilidades psicossociais cruciais, abordando os sintomas de TDAH e promovendo melhorias significativas no bem-estar dos participantes.

Os resultados do estudo demonstraram uma redução significativa nos sintomas de TDAH, especialmente em desatenção e hiperatividade, para o grupo que recebeu DBT-ST em comparação com o grupo de tratamento usual (TAU), que se concentrou principalmente no acompanhamento psiquiátrico e tratamento medicamentoso. Além disso, observou-se uma melhoria na regulação emocional e um aumento na satisfação com a vida entre os participantes do DBT-ST, destacando a eficácia deste modelo como complemento ao tratamento farmacológico.

Contudo, o estudo enfrentou limitações, incluindo o tamanho da amostra e a generalização dos achados, restringindo-se a indivíduos já estabilizados com tratamento de metilfenidato. A falta de ferramentas específicas para avaliar o impacto das condições da pandemia também foi uma limitação notável, assim como as desafios introduzidos pelo formato virtual do DBT-ST.

Este estudo marca um avanço significativo na compreensão e tratamento do TDAH em adultos, ressaltando a importância das intervenções psicossociais complementares ao tratamento farmacológico e a viabilidade de abordagens terapêuticas adaptadas às circunstâncias atuais. Os achados reforçam a promessa do DBT-ST online como uma intervenção eficaz, encorajando pesquisas futuras para explorar mais profundamente as especificidades da intervenção e expandir o acesso ao tratamento para adultos com TDAH.

Referências: Vahide Ulusoy, Işıl Bilican & Aynur Gormez (15 Feb 2024): Effectiveness of an online dialectical behavior therapy skills training in adults with attention-deficit/ hyperactivity disorder: A randomized controlled trial, Psychotherapy Research, DOI: 10.1080/10503307.2024.2311773

Hesslinger, B., van Elst, L. T., Nyberg, E., Dykierek, P., Richter, H., Berner, M., & Ebert, D. (2002). Psychotherapy of attention Psychotherapy Research 9 deficit hyperactivity disorder in adults: A pilot study using a structured skills training program. European Archives of Psychiatry and Clinical Neuroscience, 252(4), 177–184. https:// doi.org/10.1007/s00406-002-0379-0

Compartilhe o Post nas redes sociais:
Diego Tinoco

Diego Tinoco

Diego Tinoco é cidadão brasileiro. Nasceu em Curvelo-MG e atualmente reside em Belo Horizonte. É médico, psiquiatra pelo Hospital das Clínicas da UFMG, pós graduado em saúde da família pela UFMG. Nesse site você encontra opiniões do cidadão sobre a vida e o mundo.

Posts Relacionados ao tema

Funcionamento Executivo em TEA e TDAH: Existem Diferenças?

Funcionamento Executivo em TEA e TDAH: Existem Diferenças?

Descubra como o estudo de Parker Townes et al. desafia as noções tradicionais sobre as diferenças na função executiva entre indivíduos com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), oferecendo novas perspectivas sobre esta condição.

Leia mais