Você conhece os sintomas positivos da esquizofrenia?

sintomas positivos esquizofrenia

Cerca de 2,5 milhões de brasileiros têm esquizofrenia. A doença acomete pessoas de qualquer faixa etária, no entanto tem maior incidência em homens entre 12 e 20 anos e em mulheres entre 20 e 30 anos.

Geralmente a doença aparece lentamente, ou seja, sua fase inicial é pré-morbida. Por isso é importante estar atento aos sintomas, que podem ser positivos ou negativos.

Veja, a seguir, os principais sintomas positivos da esquizofrenia, que são caracterizados por comportamentos psicóticos e pode ocorrer alterações comportamentais nessa fase.

  1. Delírios

Os delírios se caracterizam por uma visão distorcida da realidade. Independem dos sentidos, mas dependem de algum estímulo externo real. Ou seja, o indivíduo distorce as situações a sua volta e as vivencia de modo diferente.

Um exemplo comum de delírio é quando o individuo sente que está sendo perseguido ou espionado por alguém. Episódios assim podem surgir de forma repentina e rápida ou se desenvolver ao longo de semanas ou meses. Um determinado estímulo simples do dia a dia pode caracterizar às vezes um sinal de perseguição ou desconfiança extrema pelo individuo. 

Diante desse sintoma o paciente pode se sentir acuado e amedrontado ou então ficar agressivo. É importante frisar que tais comportamentos não são intencionais, apenas são reflexo da sensação de sofrimento e fragmentação da realidade.

Essa delírios pode existir de diversos tipos: alguns mais comuns são os persecutórios e os religiosos por exemplo.

2. Alucinações

Já as alucinações são experiências sensoriais reais baseadas em coisas irreais. O paciente vê, ouve, tem cheiros e gostos ou sente a presença de coisas que na realidade não existem.

Ouvir vozes que outras pessoas não escutam é a alucinação mais comum entre pessoas com esquizofrenia. Essas vozes podem vir de vários lugares ou apenas de um, podem conversar entre si ou diretamente com o indivíduo.  

Importante dizer que ter alucinações NÃO significa ter esquizofrenia. Muitas pessoas sem a doença costumam ver vultos ou pessoas e isso não significa que o indivíduo apresenta a esquizofrenia.

O paciente não tem nenhum controle sobre as alucinações, pois essa manifestação psicopatológica toma conta da consciência do indivíduo e pode influenciar seu comportamento completamente.

Devido aos delírios e alucinações, pessoas com esquizofrenia podem ter dificuldade em ordenar os pensamentos e ações, o que pode afetar a comunicação com outras pessoas.

Suas palavras podem parecer confusas e incoerentes. Pular de um assunto para outro ou responder perguntas com respostas sem sentido também são alguns exemplos de perturbações no pensamento.

O indivíduo pode apresentar movimentos agitados e desajustados repentinamente e sem um motivo aparente. Por vezes o paciente pode realizar o movimento de modo repetitivo e exagerado, noutras ocorre o inverso: a pessoa fica imóvel por horas, é a chamada catatonia.

Sorrisos fixos e repetição de falas também podem ocorrer. Tais alterações motoras podem atrapalhar a realização de tarefas diárias.

Como amenizar os sintomas positivos da esquizofrenia?

Os sintomas positivos, apesar de serem agudos, podem melhorar com tratamento e respondem bem aos efeitos da medicação. Vale ressaltar que, quanto mais cedo a doença for diagnosticada, mais eficaz será o tratamento e controle dos sintomas.

Assim sendo, caso note sintomas semelhantes, busque um médico especialista para fazer o diagnóstico e, se necessário, iniciar o tratamento correto. Para saber mais sobre outros sintomas da esquizofrenia acompanhe o nosso blog.