Como fortalecer seu casamento com demonstrações de amor

Muitos casamentos passam por dificuldades e uma boa parte desses conflitos tem origem na incompreensão de que existem muitas maneiras de demonstração de amor.

O amor, dentro do casamento, é a disposição de alguém para estar com uma pessoa. No entanto, nem sempre é fácil entender que ainda existe amor quando essa pessoa se dedica tanto ao trabalho e deixa de estar presente em situações importantes. Ou quando ela não se expressa com palavras de afeto e gestos de carinho.

O que é demonstração de amor?

Os filmes, novelas e livros nos ensinaram que o verdadeiro amor envolve demonstrações públicas, com direito a buquê de flores e platéia.

A realidade é que cada um tem uma linguagem própria para demonstrar seu amor. Assim como a nossa Língua Portuguesa, essa linguagem não é tão fácil de aprender.

No entanto, é preciso saber identificar as diferentes formas de demonstração de amor e tentar aprender a falar a mesma linguagem, mesmo que sua linguagem primária seja outra.

No livro “As 5 linguagens do amor”, Gary Chapman conta a sua história como conselheiro matrimonial. Ele realizou inúmeras palestras nos Estados Unidos e teve experiência com diversos casos onde comprovou sua tese de que as demonstrações de amor estão relacionadas com as diferentes linguagens das pessoas.

Toda demonstração de amor é válida?

Certamente, todas as demonstrações de amor são válidas. No entanto, é necessário saber identificar essas demonstrações no dia a dia e valorizá-las.

Um bilhete, uma rosa, uma palavra e até mesmo um jantar preparado com carinho. Tudo isso é uma maneira de demonstrar afeto.

Além disso, é necessário também expressar o amor, uma vez que este é um sentimento fundamental em nossas vidas. Afinal, todos desejam amar e ser amado.

Contudo, também é preciso identificar o que não é demonstração de amor. O ciúme, por exemplo, não deve ser confundido como uma prova de amor, mas sim como um sentimento que deve ser gerenciado.

Além disso, atitudes superprotetoras ou excessos nas relações também não são demonstrações de afeto. É importante se comunicar para que o outro saiba o quão forte é o sentimento que existe na relação, mas isso não deve sobrepor valores éticos e morais.

Gary Chapman utiliza uma metáfora interessante no seu livro. A fim de ilustrar o que é o amor, ele compara um tanque de gasolina à necessidade emocional que cada um de nós sente, desde crianças. Segundo o autor, todos sentem necessidade de “encher o tanque emocional” e de se sentir amado.

É para isso que existe a demonstração de amor e por isso que todas elas são válidas e importantes. Vamos conhecer algumas delas?

Tipos de demonstração de amor

Palavras de afirmação

A primeira delas são as palavras de afirmação. Trata-se de elogios ou expressões que revelem algo positivo. Pode ser uma palavra encorajadora no começo do dia, antes do trabalho. Ou simplesmente, dizer que a roupa do seu parceiro ou parceira lhe cai bem.

O objetivo não é uma bajulação exacerbada. Mas promover o bem estar do outro através das palavras.

Qualidade de tempo

Muitas pessoas sentem dificuldade em expressar seus sentimentos em palavras e, por isso, preferem promover experiências marcantes para demonstrar seu amor.

Pessoas que adoram uma pipoquinha em dia chuvoso com um bom filme são as que mostram seu afeto através do compartilhamento do seu tempo.

A qualidade do tempo não é só sentar e assistir TV, mas também prestar atenção ao outro, buscando saber sobre seu dia. Em síntese, são os momentos que passam juntos, de fato, sem a intervenção excessiva da tecnologia.

Presentes

Em seguida, temos o perfil de pessoas que demonstram seu amor através de presentes. Eles representam materialmente o amor e podem simbolizar muito afeto dentro de uma relação. Por exemplo, durante a cerimônia de casamento, troca-se alianças. São anéis que simbolizam a união e o desejo genuíno dos noivos de viverem juntos. Isto é demonstração de amor através do presente.

Flores, jóias, roupas caras e bens materiais não são necessariamente a única maneira de presentear. Nesse sentido, é possível comprar presentes de menor valor monetário, fabricá-los ou até mesmo oferecer uma música como presente. 

Isso significa que o valor financeiro não está atrelado ao valor sentimental do presente, que é o que realmente importa.

Essas são algumas das maneiras de demonstrar amor, muitas outras estão descritas no nosso e-book. A necessidade de confirmação do sentimento que une um casal é real e deve ser alimentada de maneira saudável para oferecer as garantias de que o outro precisa.

A paixão é um sentimento avassalador e passageiro, mas o amor não. Ele não é caracterizado pelos altos e baixos da paixão, mas sim pela estabilidade emocional.

Por isso, o amor é tão forte e poderoso e o frio na barriga do começo do relacionamento pode e deve ser resgatado através das diversas formas de expressar o amor.

Share the Post:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Related Posts